Cadeiras

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Cadeira n. 7 – Olga Agulhon

Patrono da Cadeira n. 7 – Antonio Facci

Olga Maria Agulhon nasceu em 1965, em Assis/SP. Morou em Ivatuba e, iniciou seus estudos em Maringá. Formou-se em Pedagogia, Especialização em Literatura Brasileira, do Departamento de Letras (UEM). Autora de Delírios (poesias), As três estatuetas de bronze (infanto-juvenil), O tempo (poesias) e Germens da terra (contos). Membro da Academia de Letras de Maringá (ALM) e Academia de Letras do Brasil/PR, ocupou o cargo de Presidente na ALM. Pertence a União Brasileira dos Trovadores/Maringá. Foi Secretária Municipal da Mulher e atualmente Secretária Municipal da Cultura em Maringá/PR


Nasceu no dia 06 de dezembro de 1965, em Assis/SP, filha dos agricultores Dimaura e João Agulhon. Mas a família já morava no Paraná, no sítio Rica Fé, município de Sertaneja,. Logo depois, mudaram-se para a fazenda São João, em Ivatuba, e, em 1972, quando iniciou seus estudos, já moravam em Maringá. 

Em 1972, em Maringá, iniciou seus estudos no Colégio Estadual Brasílio Itiberê (grupo escolar, naquela época). Estudou ainda no Instituto estadual de Educação de Maringá e no Colégio Regina Mundi, onde ingressou na sexta série e concluiu, em 1983, o segundo grau.

Em 1984, ingressou na Universidade Estadual de Maringá (UEM), no curso de Agronomia, que interrompeu após dois anos, quando nasceu sua primeira filha.

Formou-se em Pedagogia, sendo homenageada com Láurea Acadêmica de Graduação. 

Em 1994 terminou o curso de Especialização em Literatura Brasileira, do Departamento de Letras (UEM), fazendo a defesa da monografia com o título A fábula no livro didático. 

Foi professora particular e da rede municipal de ensino de Maringá, diretora da Creche e Pré-escola Alziro Zarur, da LBV; e coordenadora pedagógica da Pré-escola Primeiro Mundo.

Participando ativamente da vida cultural da cidade desde o início da década de 1990, já foi comentarista em mostras de vídeo, jurada de concursos de poesias, e já fez dezenas de palestras em escolas de Maringá e região, falando sobre seus livros, sobre leitura e literatura.

Produtora rural e coordenadora do Núcleo Feminino Cocamar – Maringá.

De família pioneira na região, atua profissionalmente como agricultora/produtora rural, sendo associada do Sindicato Rural Patronal e da Sociedade Rural de Maringá, e cooperada da COCAMAR – Cooperativa Agroindustrial.

Ocupa a Cadeira nº. 24, Patrona: Lygia Fagundes Telles, da Academia de Letras de Maringá, na qual ocupou o cargo de Presidente .

Pertence a União Brasileira dos Trovadores/Maringá.

Secretária Municipal da Mulher e posteriormente Secretária Municipal da Cultura de Maringá/PR.

Algumas Participações

– Participação na Oficina de Literatura Infantil – Análise da Obra “O PATINHO FEIO”, de Hans Christian Andersen, ministrada pela bibliotecária Zeri Monteiro, em 1995.
– Participação na Oficina de Haikai, promovida pela Academia Cascavelense de Letras, em maio de 2008, em Cascavel – PR, ministrada pela professora mestre e escritora Áurea da Luz, membro da Academia de Letras, Artes e Ciências de Guarapuava.
– Participação, como acadêmica e presidente da Academia de Letras de Maringá, no Encontro das Academias de Letras do Estado do Paraná, em Cascavel, em 2008.
– Palestrante no tema “Fábulas”, na Semana Nacional do Livro e da Biblioteca
– Palestrante no “Dia Nacional do Livro Infantil”, promovido pela Biblioteca Municipal e Secretaria de Educação e Cultura de Mandaguaçú, em 2001.
– Palestrante, na I Semana Cultural de Terra Boa, realizada em 2001. Tema da palestra: Literatura Infantil.
– Palestras sobre a importância da leitura para os alunos do CEEBEJA, de Sarandi – PR, em 2001 e 2002.
– Participação, como escritora homenageada, no “Sarau da Cidade”, promovido pela Prefeitura de Maringá / Secretaria de Cultura.
– Palestras e bate-papos informais sobre literatura e o ato de escrever com alunos de diversas escolas de Maringá e região, a partir do ano 2000.
– Participação com declamação de poemas, exposição de livros e montagem de varal de poesias de sua autoria no 1º. Intercâmbio Cultural Entre Cooperativas (ITC), em 2007.
– Participação no processo de seleção dos trabalhos premiados no III Varal de Poesias da UNIFAMMA, em 2008, durante o 1º Ciclo de Estudos Integrados UNIFAMMA.

Entidades em que é membro:

– Membro da União dos Escritores Maringaenses (UEMA), do Clube dos Trovadores de Maringá, da Sociedade de Cultura Latina do Paraná e da Sala do Poeta de Maringá.
– Membro da União Brasileira de Trovadores – UBT/seção Maringá.
– Membro e fundadora da Academia de Letras de Maringá (ALM), fundada em 07/09/1997, ocupante da cadeira nº. 24, tendo por patronesse Lygia Fagundes Telles, fazendo parte de todas as diretorias. Exerceu o cargo de secretária-geral de setembro de 2003 a 06 de abril de 2008, quando foi eleita presidente da ALM em virtude do falecimento de Antonio Facci.
– Foi membro do Conselho Municipal de Cultura de Maringá.
– Associada do Sindicato Rural Patronal de Maringá.
– Associada da Sociedade Rural de Maringá.
– Cooperada da COCAMAR.
– Coordenadora Geral do Núcleo Feminino Cocamar – Maringá, nos anos de 2006, 2007 e 2008.

Algumas Premiações

– Terceiro lugar no Concurso de Livros de Poesias promovido pela Sociedade de Cultura Latina do Paraná, em 1991.
– Menção Honrosa (4º. Lugar) no Concurso Literário “Contos de uma Noite de Natal”, promovido pela Casa do Poeta de Santos e Elos Clube de Santos, em 1995.
– Vencedora no XXI Jogos Florais de Bandeirantes, em 2004, Âmbito Estadual, tema IMORTAL (lírico/filosófico).
– Menção honrosa no XXII Jogos Florais de Bandeirantes – 2005, Âmbito Estadual, tema SURPRESA (humorístico).
– Menção honrosa, no VIII Jogos Florais do Rio de Janeiro – Âmbito Nacional, 2006, tema ENCONTRO (L/F).
– Menção Honrosa (4º lugar) no VI Concurso de Trovas “Cidade de Pirapetinga”/MG – 2006, tema CARINHO (L/F), Âmbito Nacional.
– Premiada, com duas trovas vencedoras, no XXIII Jogos Florais de Bandeirantes – 2006, Âmbito Estadual, tema VIAGEM (L/F).
– Menção Honrosa + Menção Especial, no XXIII Jogos Florais de Bandeirantes – 2006, Âmbito Estadual, tema SORTE (humorístico).
– 1º. Lugar, no I Concurso Comunidade “Sou Trovador” (Orkut), em 2006. Mote: “As dores e os desencantos”.
– 8º. Lugar no 1º. Concurso de Trovas pela Internet, promovido UBT – União Brasileira de Trovadores – Delegacia de Roseira /SP. Tema: Enchente:
– Vencedora + Menção Especial, no XXIV Jogos Florais de Bandeirantes – 2007, Âmbito Estadual, tema ENCANTO (L/F).
– Vencedora, no XXIV Jogos Florais de Bandeirantes – 2007, Âmbito Estadual, tema PIRRAÇA (humorístico).

Participou de várias coletâneas (entre elas, as coletâneas da ALM, a Coletânea dos Poetas de Maringá – II e Maringá – Um Olhar Feminino em Cores e Versos) e tem poemas, contos e artigos publicados em várias revistas e jornais literários. 

Em 1991 publicou o livro de poesias “Delírios”.

Com o espírito de educadora e a paixão pelos contos de fadas, escreveu, em 1998, o livro infanto-juvenil “As três estatuetas de bronze”, que somente conseguiu publicar no final de 2000.

Depois de fazer sucesso com o gênero infanto-juvenil, a autora voltou-se novamente para os poemas e, cheia de inspiração, transformou seu livro “O Tempo”, publicado em 2003, numa obra que nos leva a uma reflexão após a leitura de cada página, abrindo nossa mente para as muitas janelas do tempo e da alma.

Seu livro “O Tempo” também foi lançado no Centro Cultural Brasil-Espanha de Curitiba/Agência Espanhola de Cooperação Internacional.

Não conseguindo abandonar nem o conto nem a poesia, Olga Agulhon lançou, em 2004, o livro de contos “Germens da Terra”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário