Cadeiras

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Cadeira n. 6 - Maria Lúcia Siqueira

Patrono da Cadeira n. 6 - Fernando Amaro

Lúcia Constantino, pseudônimo de Maria Lúcia Siqueira nasceu em Curitiba/PR. 

Professora e tradutora (inglês e espanhol).

Estudou na Georgia State University, em Atlanta e viveu quinze anos no Rio de Janeiro, onde se formou em teatro pela Escola de Teatro Martins Pena e em espanhol pelo Centro Cultural Brasil-Argentina.

Participou, quando morava no Rio, de várias antologias literárias.

Em 2004, lançou o livro “Asas ao anoitecer”, com incentivo da Fundação Cultural de Curitiba e da empresa Eletrolux, com prefácio da poeta, jornalista e tradutora Olga Savary (RJ).

A partir de 2005, passa a escrever sob o pseudônimo de Lúcia Constantino, sobrenome adotado de sua avó materna.

Tem trabalhos publicados na Revista da Literatura Brasileira (SP), antologias (RJ) e Revista AMORC (GLP).

Estudiosa da obra de Saint-Exupèry, foi Consultora de Pesquisa e redigiu a introdução do programa da peça “O Pequeno Príncipe”, detentora do Troféu Gralha Azul, de 1998.

Obteve prêmios em concursos realizados em organismo afiliados à Ordem Rosacruz (AMORC/RJ), Litteris Editora (RJ) e Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro/ Biblioteca Popular do Grajaú.

Na Internet participa da Antologia “Saciedade dos Poetas Vivos Digital”, volume 8, editado pela Editora Blocos. 

Possui poemas em sites e blogs diversos, como http://asasonoras.blogspot.com/, http://recantodasletras.uol.com.br/autores/luciaconstantino, http://www.blocosonline.com.br/.

A poetisa dedica-se à causa em prol dos animais, que são sua maior paixão na vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário